Coffee Lover

Qual a diferença entre a Aeropress e a French Press?

Dois métodos de preparo visualmente parecidos, compostos por cilindro e embolo! Mas qual a diferença?

A diferença entre a Aeropress e a French Press? Muitas!

Pode-se dizer inclusive que a única semelhança entre os métodos seja o formato cilíndrico e o embolo! No mais, vou te contar por aqui! Vem comigo…

Por dentro dos métodos:

A Aeropress é um método que foi criado em 2005 – nem faz tanto tempo assim – por um engenheiro e inventor de brinquedos americano, com a intenção de ter o café perfeito – claro.

É fabricada em um material plástico, o embolo tem uma ponta de borracha, parecida com a ponta de uma seringa, que é responsável pela vedação e pressão na hora do preparo. E por fim o porta filtro removível!

Chegou e ganhou o coração do barista e do Coffee Lover, quem conhece o método quer (e pode) ter em casa! Inclusive já falamos por aqui um pouco mais sobre o método e os movimentos do mundo dos cafés em torno da Aeropress, confira a publicação ~> Aeropress: Método de preparo e a Competição.

A French Press, por sua vez, surgiu em 1852 na França e em 1929 teve seu registro feito por um italiano. Um método mais clássico!

Ela é composta por um cilindro de vidro e um embolo acoplado na tampa com o filtro de metal na ponta, responsável pela separação dos sólidos e líquidos do café.

Parecidos!? Sim, mas não iguais!

Quando observamos o funcionamento a impressão é que são muito parecidos, mas o princípio de extração do café são completamente diferentes entre a Aeropress e a French Press.

A Aeropress é um café filtrado – normalmente se utiliza filtro de papel – , porém sob pressão. A pressão do ar que fica entre a borracha de vedação e a infusão de água mais café é responsável pela extração da bebida.

A French Press tem outro princípio de extração, que é a infusão! E após acontece a separação (pelo próprio filtro da French Press) dos sólidos e líquidos. Aqui a pressão não exerce nenhum papel na extração do café.

Essas são as principais diferenças! E responsáveis por proporcionar diferentes experiências e resultado na xícara!

Cuidados na hora do preparo:

A Aeropress é um dos métodos mais versáteis que existe. Não existe regra para um bom café nesse método, tudo depende do que você quer de resultado na xícara.

É possível controlar a moagem do grão, o tempo de infusão, a temperatura da água e a posição da Aeropress durante o preparo! As possibilidades são infinitas! E como sempre falo aqui, café é experiência!

Já a French Press tem um quesito importante: Para não ter resíduos de café na bebida a moagem deve ser grossa! Isso porque a malha de aço que é o filtro desse método não retém os cafés mais finos! Assim, a experiência pode ser comprometida! 😉

O tempo de infusão é uma variável importante na French Press, qual o certo? 3 minutos? 4 minutos? A resposta é DEPENDE! O jeito certo é o jeito que te agrada mais. Sendo assim, experimente!

Pontos positivos dos métodos.

São excelentes para se ter em casa. Tanto a Aeropress, quanto a French Press promovem experiências agradáveis. São práticos e as possibilidades muitas!

Um bom café merece ser bem tradado! 😉

E que você tenha sempre bons cafés!

Angelica Lebante
Angélica Lebante

Angélica Lebante. nascida no ABC paulista é apaixonada por cafés e comprometida em compartilhar momentos cafeinados com o projeto Coffee Lover.

Nenhum comentário
Poste um comentário