Coffee Lover

O que é preciso para fazer um bom café?

Um bom café? Como obter a melhor bebida possível em casa?

Quando começamos a descobrir o universo dos cafés de qualidade e tudo que engloba o hábito de consumir o bom café nos deparamos com muitas informações. Às vezes não conseguimos entendê-las claramente como consumidor, comigo aconteceu dessa forma.

Em um certo momento percebemos que fazer café pode ser uma experiência muito interessante e muito diferente do que estávamos acostumados a ver. Até parece que o jeito delicioso de preparar café da nossa vó deu uma leve evoluída. Não?

Além de possibilidades sensoriais presentes em cada bom café, nos é apresentado uma gama de produtos imensa para se ter em casa.

Leia também~> 7 mitos ou verdades sobre o café!

Um método que facilita o preparo. Outro utensílio que facilita a pesagem. Um novo método que promete suavidade na xícara, outro método que promete mais corpo e potência na bebida. E por aí vai…

Parece até que querem complicar o jeito de se fazer café em casa.

Mas não é bem assim… Sabemos que cada método enaltece características diferentes de cada café.

Faz parte da experiência querer entender essas variáveis. Seja para o próprio consumo ou para oferecer aos amigos naquela visita especial, enfim… é realmente conveniente a praticidade da mokinha (cafeteira italiana), como é suave o café coado na Hario V60, como é importante a precisão da balança.

Eu mesma, pessoalmente falando, tenho alguns utensílios que não abro mão. Adoro preparar o bom café de diversas formas, o cantinho do café está cada vez mais equipado.

Mas o que é realmente importante para se fazer um bom café?

A dica é básica, mas é realmente importante deixar tudo bem claro.

O mais importante é ter um BOM CAFÉ!

Aí você me pergunta: Jura que essa é a super dica? Sim, essa é a super dica.

um bom café! Faz sentido!

um bom café! Faz sentido!

O que tem de gente que investe bastante dinheiro em métodos e utensílios – sabemos que não é tão barato assim – e continua comprando cafés de baixa qualidade não está escrito.

Preparar café na French Press com um café super torrado (quase queimado) e super moído (fino demais) não pode ficar interessante, certo?

Você que já está no universo do bom café vai concordar comigo, mas quem ainda não conhece o café de verdade talvez não entenda muito bem e precisamos dizer:

Conheça o café de verdade, depois invista em utensílios!

Essa deve ser a ordem dos fatos! E vale dizer aqui que não sou contra os utensílios. Como disse lá em cima, eu mesma tenho bastante coisa (quase uma cafeteria hehe) mas o bom café também está sempre presente.

Então não demore mais, entre nesse mundo de possibilidades, é muito mais cheiroso e muito mais gostoso! Um brinde cafeinado! 😉

Angelica Lebante
Angélica Lebante

Angélica Lebante. nascida no ABC paulista é apaixonada por cafés e comprometida em compartilhar momentos cafeinados com o projeto Coffee Lover.

Nenhum comentário
Poste um comentário