fbpx

Coffee Lover

O que acontece na torra do café?

A torra do café é responsável por permitir o consumo do café como bebida – do jeito que conhecemos hoje!

Esse é o primeiro fato! Sem a torra do café não é possível nem mesmo moer o grão de café – Você sabia disso? Vamos te explicar o porque!

São muitas as mudanças que ocorrem com a semente durante a torra do café.

Desde mudanças no aspecto visual – cor e tamanho – como também transformações dos componentes (água, proteína, ácidos) presentes nos grãos de café.

Tudo isso libera os aromas e os sabores são realçados em cada reação química que ocorre durante a torra do café.

A perda da água – evaporada – durante o processo é a razão para que o grão de café fique “quebradiço” e com dureza. A partir daí podemos moer o café sem a preocupação de estragar o seu moinho. (Sim, problemas da torra do café podem prejudicar seus equipamentos).

Quais as principais funções da torra do café?

Torrar café é um misto de ciência e arte! Manuseio de equipamentos, controle das reações, sensibilidade do mestre de torra é um mix de competência necessárias para fazer com excelência.

Um fato que temos que entender é que o mestre de torra não torra apenas cafés finíssimos, de altíssima qualidade.

Leia também ~> Ferver a água para fazer café?

A demanda do mercado é muito maior para os cafés tradicionais e mesmo assim a torra do café requer atenção!

Isso quer dizer que a torra é parte do processo responsável por deixar as boas qualidades aparentes e também esconder os eventuais defeitos na matéria prima. Tudo depende do objetivo final e consumidor final desse café!

Torra clara X Torra escura?

A pergunta “Qual você prefere?”

A torra do café - níveis de torra

A torra do café – níveis de torra

Confesso que não gosto da indagação! Algumas vezes até parece briga de torcida organizada, minha opinião é que para cada café, existe um ponto ideal. Aquele que vai valorizar mais aquela matéria prima.

Torra escura não é necessariamente sinônimo de torra queimada (aqueles que deixam até o grão de café “vazando óleo”). Não engessem a experiência cafeinada de vocês e VALORIZE aquele que pensa e trabalha para nosso momento cafeinado!

Angelica Lebante
Angélica Lebante

Angélica Lebante. nascida no ABC paulista é apaixonada por cafés e comprometida em compartilhar momentos cafeinados com o projeto Coffee Lover.

Nenhum comentário
Poste um comentário