Coffee Lover

Juliana Felix – Campeã Brasileira de Aeropress 2019

Juliana Felix, mochila e a Aeropress:

Juliana Felix é pós graduada na área de TI (Tecnologia da Informação), mas é o café que faz o seu coração bater mais forte.

Lá no ano 2016 em Goiás, mais precisamente em Nova Crixás, Juliana já estava com sua primeira Aeropress e fazia os seus cafés por onde ia. O método estava sempre com ela pela praticidade que promove.

Desde ali já existia a vontade de participar do Campeonato Brasileiro de Aeropress e inciou a construir essa trajetória campeã!

A viagem pelo Café Especial…

Aeropress na mochila e muita vontade de aprender: O 1º semestre de 2017 foi assim para Juliana Felix!

Ela saiu de mochilão e seguiu o seu sonho, a intenção era participar do campeonato já naquele ano.

A edição aconteceu no Sítio Santa Rita e teve como campeão Leonardo Gonçalves, da cafeteria Café ao Leu.

Mas nem sempre tudo sai como planejado. Nem mesmo a inscrição para o campeonato ela conseguiu fazer!

Mesmo assim Juliana estava lá no Sítio Santa Rita para acompanhar de perto.

Não como competidora, mas vivenciar o movimento foi o suficiente para ela se apaixonar ainda mais pelo clima do Campeonato Brasileiro de Aeropress e ter certeza de que participaria da edição seguinte – que tinha tudo a seu favor.

O campeonato seria em Brasília, muito perto de sua casa: O cenário PERFEITO! Mas infelizmente não conseguiu realizar a inscrição mais uma vez – que é feita online e encerra MUITO rápido!

No Campeonato de Aropress 2019 a atenção foi redobrada!

Depois de tentativas sem sucesso por 2 anos consecutivos, essa chance ela não poderia perder! Mas quem disse que seria fácil!?

Dois dias antes de abrir a inscrição para o Campeonato Brasileiro de Aeropress a Juliana pagou a parcela do cartão para abrir limite de crédito, mas o banco não deu baixa a tempo e 20 minutos antes de abrir as inscrições bateu um desespero!

Ela conta que triste e quase desistindo de participar resolveu entrar em contato com a organização para perguntar se havia outra forma de efetuar o pagamento caso conseguisse realizar a inscrição que abriria às 20h00 daquele dia.

A resposta veio em tom de brincadeira, mas foi o insight que Juliana precisava naquele momento. Eles disseram: “Pega o da mamãe!” No final das contas: Porque não, né!?

Campeonato Brasileiro de Aeropress - foto divulgação

Campeonato Brasileiro de Aeropress – foto divulgação

Nessa altura da história já eram 19h50, faltavam 10 minutos para abrir a inscrição e o contato com a mãe aconteceu, faltando 5 minutos para abrir a inscrição ela não tinha os dados. Dá para imaginar?

19h59 e F5, F5, F5 na página de inscrição!

Mais uma vez de fracasso? Claro não! Esse foi o ano para Juliana Felix escrever seu nome na história da competição!

E feito! às 20h00 a inscrição foi realizada com sucesso! O primeiro passo foi dado, era a hora de se preparar!

Juliana conta que estava há mais de 1 ano fora do cenário de cafés especiais, após encerrar o mochilão de estudo ela morou por 10 meses em São Paulo para trabalhar com fotografia e após voltou para o interior de Goiás, em uma cidade com 10 mil habitantes.

Para tomar um café de mais qualidade ela costumava comprar café cru e torra no torrador bolinha ou rodava 380Km para ir até a capital Goiânia e comprar 1 Kg de café para consumir em 2 meses!

Juliana definitivamente precisava treinar!

Após a confirmação definitiva da inscrição ela ligou para Rafael Bosco, competidor da edição de 2017 que fez estudos de água e utilizou a água de mina que a Juliana levou de Goiás. Ele que ficou muito agradecido e criou um elo com Juliana!

Juliana Felix - Campeã Brasileira de Aeropress 2019

Juliana Felix – Campeã Brasileira de Aeropress 2019

Foi para ele a primeira ligação dizendo que estava inscrita para o Campeonato Brasileiro de Aeropress e que precisava treinar, de prontidão Rafael aceitou sua proposta e a convidou para ficar 15 dias em São Paulo treinando e só fez um pedido: Traga a água daí de uma mina e venha!

Esse foi o único norte que a competidora tinha até então. Não tinha conhecimento nem do regulamento do campeonato.

O início da viagem até Blumenau – SC – cidade sede do Campeonato em 2019.

Aqui Juliana Felix já sabia o que fazer, quem dera se fosse só as malas. Mas antes disso precisava mesmo levantar recursos para essa longa viagem.

Para a hospedagem utilizou o couchsurfing – uma espécie de rede social para viajantes, que além de oferecer hospedagem gratuita tem o foco em troca de experiências e culturas.

A moeda de troca de Juliana é a das mais cheirosas: O café e a competição! Claro que não foi difícil resolver, a hospedagem estava garantida para São Paulo e para Blumenau!

Agora faltavam “alguns” detalhes: transporte, alimentação e todos os gastos para a pré competição e competição.

Então era a hora de trabalhar mais! A nossa campeã organizou promoções de fotografia – sem muito sucesso… e também organizou uma vaquinha – que também não trouxe resultados.

“Acho que ninguém acreditou no meu sonho, não foi doado nem R$0,01”

compartilha, Juliana.

Mas desistir não era uma opção… vamos empreender?

Faltava 1 semana para iniciar o treinamento em São Paulo quando Juliana decidiu vender brigadeiro de café para levantar recurso.

O argumento de venda era o seu sonho e a competição! Alguns ficavam curiosos e ajudavam. Mas no interior as pessoas não são tão sensibilizadas pelo café especial, que mal chegou por lá… mas mesmo assim compravam, porque o brigadeiro era bem gostoso.

Tudo certo para ir até São Paulo praticar. Mas passou ainda por sol, chuva e gripe para definir a receita que iria utilizar na competição!

Inclusive os 5L de água que foi carregado de Goiás até São Paulo não trouxe o resultado desejado na xícara com o café do campeonato e foi decidido que ela usaria por fim a água do campeonato. O que poderia ser uma surpresa, já que o café estava muito sensível às pequenas variáveis – mas nesse ponto tudo funcionou!

Até esse momento a competidora já havia passado por todas essas dificuldades.

Sabendo da história, é possível ter dúvidas de que Juliana Feliz era uma competidora que entrou pra ganhar? Não, né!?

O Campeonato Brasileiro de Aeropress 2019!

A edição 2019, como já falamos lá em cima aconteceu em Blumenau – SC.

Foram 27 competidores no sistema mata-mata, distribuídos de 3 em 3, em 9 etapas. Os melhores cafés feitos nas nove rodadas seguem para a semifinal e, consequente final, para a disputa do troféu Aeropress Dourado (tão sonhado).

E fase por fase Juliana chegou até a final!

Uma final épica, composta por 3 competidoras mulheres! Elas deram show! Mas o caneco tinha dona e era ela: Juliana Felix.

Quer saber a receita utilizada? Vou te contar agora!

O café se apresentou de uma forma a cada variável testada. A intenção era uma bebida com doçura elevada e uma acidez leve na finalização.

Juliana Felix com a melhor xícara!

Juliana Felix com a melhor xícara!

A decisão final foi seguir da seguinte forma:

  • Aeropress Invertida
  • Despejar 100ml de água a 90ºC
  • Acrescentar 40g de café
  • Turbulência forte
  • Completar com 100ml de água
  • Turbulência leve
  • 2 minutos de infusão
  • Extrair com o peso da mão, sem forçar
  • Diluir 210ml de água e aproveitar!

Agora: Rumo à etapa internacional em Londres!

Agora os próximos passos serão treinar em Belo Horizonte com o Eystein e ir para Londres participar do Campeonato Mundial no dia 24 de Novembro.

View this post on Instagram

Uma foto que representa União do Goiás, com 5 competidores @filipesuzin, @deciorcm, @amanda.barista (@gratidaocafe ) e @araujocarlos (@luizcafeconceito ); e @netoantonio também do gratidão presente. Apesar de eu morar 380 km de distância da capital, sempre que possível visito uma cafeteria, a cena do café especial por aqui ainda é recente, mas esta uma onda boa. Fico muito orgulhosa de fazer parte dessa galera e levar esse troféu para #Goiás . Rumo a Londres pro Mundial… Vamos com tudo. Gratidão @filipesuzin que mesmo em sua luta de liberação da maconha e com imprevisto que aconteceu na cafeteria, tu começou a vaquinha pra me Ajudar. Pra quem não sabe nos conhecemos em um @campeonatodeaeropress_br ali no @sitiosantarita em 2017 e sonhávamos participar juntos, e concretizamos isso irmão. Foi FODAAAA, isso só foi porque vocês estavam presentes.

A post shared by Juh Felix ☕📷✈🙏 (@julianafelixnunes) on

Como parte do prêmio, além da aeropress dourada Juliana garantiu da organização  a passagem (ida e volta) e 3 dias de hospedagem.

Que tal participar desse sonho para garantir uma preparação digna de Campeã? Está rolando uma VAQUINHA com os seguintes objetivos:

  • Treino em Belo Horizonte por algumas semanas
  • Alimentação
  • Hospedagem
  • Transporte

Para ajudar na VAQUINHA basta fazer a doação na conta abaixo:

Banco 260 Nu Bank
Agência: 001
Conta: 9492583-1
Filipe Barsan Suzin
CPF: 026.830.221-90

Estará aberta até o Mundial em Novembro. Juliana Felix, você tem nossa torcida e nosso apoio! Leve o Brasil inteiro na sua mochila!

Angelica Lebante
Angélica Lebante

Angélica Lebante. nascida no ABC paulista é apaixonada por cafés e comprometida em compartilhar momentos cafeinados com o projeto Coffee Lover.

Nenhum comentário
Poste um comentário